sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Como colher os frutos do Ano da Misericórdia?

  


Este é o momento favorável para mudar de vida! Este é o tempo de se deixar tocar o coração!As palavras de Francisco, quando convoca o Ano Jubilar da Misericórdia, esclarecem o objetivo desse Ano Santo, que há poucas horas será inaugurado na Igreja de Cristo: arrepender-se dos pecados e acolher a Misericórdia de Deus.
A abertura da porta simboliza que o jubileu é um tempo privilegiado, em que os católicos possuem um trajeto extraordinário para a salvação, onde deixam a vida velha e adentram a uma nova, a uma mudança de vida. Nesse caminho de conversão,o Senhor usa de seu amor para curar os corações, abatidos e feridos pelo pecado e suas consequências.
A partir de amanhã, peregrinos em Roma, e no outro final de semana em todo o mundo, irão viver uma oportunidade extraordinária. Um tempo novo, onde as portas da Misericórdia estarão abertas, de forma muito especial, para todo pecador. Papa Francisco explica que esseé um jubileu para perceber o calor do amor de Deus, quando carrega seus filhos nos Seus ombros e os traz de volta à casa do Pai.
Com o Ano Santo, o Papa possibilitou muitas ocasiões para que fiéis do mundo todo façam a experiência do perdão de Deus.Porém, o fruto mais importante para esse tempo é a mudança de vida, uma conversão sincera do coração, e para isso, a Igreja oferece de forma especial muitas oportunidades.

Indulgências
A indulgência é a remissão, perante Deus, da pena temporal devida aos pecados cuja culpa já foi apagada; remissão que o fiel devidamente disposto obtém em certas e determinadas condições pela ação da Igreja que, enquanto dispensadora da redenção, distribui e aplica, por sua autoridade, o tesouro das satisfações de Cristo e dos Santos". Em geral, a obtenção das Indulgências exige determinadas condições e o cumprimento de certas obras. Para obter as Indulgências, tanto plenárias como parciais, é preciso que, pelo menos antes de cumprir as últimas disposições da obra indulgenciada, o fiel esteja em estado de graça. A Indulgência plenária só pode ser obtida uma vez por dia*.
Indulgências plenárias podem ser especialmente adquiridas nesse Ano Jubilar, mas é importante considerar que a confissão individual, a oração de um Pai-nosso e uma Ave-Maria pelo Papa e pelas intenções da Igreja, a participação na Sagrada Eucaristia são essenciais para lucrar as indulgências.
Outras práticas como adoração ao Santíssimo, pelo menos por meia hora; leitura da Sagrada Escritura; oração da Via Sacra e recitação do Rosário de Nossa Senhora fazem parte das práticas para se alcançar o perdão.
As obras, definidas pelo Sumo Pontífice , para esse Ano da Misericórdia, contemplam:
  • Peregrinações à Porta Santa – “uma breve peregrinação rumo à Porta Santa, em Roma, nas catedrais, santuários ou nas igrejas estabelecidas pelo Bispo diocesano, como sinal do profundo desejo de verdadeira conversão”. No caso de enfermos, idosos ou deficientes físicos, basta viver com fé, devoção e esperança esse ano, recebendo a sagrada comunhão ou participando na Santa Missa e na oração comunitária também pelos meios de comunicação. No caso das pessoas encarceradas, todas as vezes que passarem pela porta da sua cela, dirigindo o pensamento e a oração ao Pai, que este gesto signifique para eles a passagem pela Porta Santa, porque a misericórdia de Deus, capaz de mudar os corações, consegue também transformar as grades em experiência de liberdade”, escreveu o Papa na Bula de proclamação.

  • Obras de misericórdia espirituais ou corporais- “Todas as vezes que um fiel viver uma ou mais destas obras pessoalmente obterá sem dúvida a indulgência jubilar... Ser instrumentos do perdão, porque primeiro o obtivemos nós de Deus. Ser generosos para com todos, sabendo que também Deus derrama a sua benevolência sobre nós com grande magnanimidade”. Para alcançar a indulgência, as práticas de misericórdia, gestos de amor e respeito com os mais necessitados, além de atitudes espirituais concretas, como perdoar os irmãos e alimentar quem tem fome.
*Extraído de www.vatican.va.

Fonte: rccbrasil
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Que tal deixar um comentário?

Ultimas Notícias
Loading...
Enviar Mensagem
Aperte Esc para Fechar
Copyright © 2010 - 2017 Comunidade Católica Filhos de Sião Todos os Direitos Reservados