segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Eucaristia: Fonte de misericórdia



 

 A Eucaristia é o mistério da pobreza. Não somente Ele se mostra numa extrema pobreza, mas veio do céu em auxílio à nossa pobreza.
Naquele momento Ele atendia á pobreza da Igreja abatida por uma heresia. A igreja estava doente, totalmente enfraquecida e necessitada.
quando uma heresia acontece, a força do inferno é que vem para ferir a Igreja e tentar solapar os seus fundamentos. Mas o próprio Jesus afirmou: " As portas do inferno não prevaleceram contra ela" (Mt 16,18).

Ainda hoje, o Céu continua a vir em auxílio da nossa pobreza, todos os dias em que Jesus se dá a nós na Eucaristia.

Necessitamos da Eucaristia a cada dia, por causa das nossas dúvidas, da fraqueza da nossa fé e para que nos firmemos no caminho de Deus e Seus mandamentos. A Eucaristia é uma necessidade para nossa pobreza.

A igreja precisa da Eucaristia, pois é santa e pecadora.Ela é pecadora porque fazemos parte dela. Somos o corpo de Cristo, e, por causa da nossa pobreza, empobrecemos a Igeja. Por causa do nosso pecado, fazemos a Igreja pecadora.

A Igreja Católica é a imagem do Amor do Pai, pois não põe para fora ninguém que comete pecado. Ao contrário, ela recebe o filho pecador, o filho pródigo, de braços abertos.

Mesmo com nossos pecados, não deixemos de ser filhos. A Igreja continua sendo mãe e continuamos ser filhos. Ela não põe ninguém para "fora de casa", não faz nenhum julgamento e não condena ninguém como réu.

Como Igreja, nós também precisamos ser cheios de misericórdia, por isso necessitamos da Eucaristia.

Queremos que todos deixem o pecado. Queremos que aqueles que participam da nossa comunidade, do grupo de oração, do grupo de pastoral, do grupo de casais,do grupo de jovens,queremos que todos eles sejam santos.Não aceitamos que ninguém dê contra testemunho. Mas precisamos ser cheios de misericórdia, pois cada um de nós se encontra em processo de conversão. É preciso confiar em Deus e acreditar no outro. Não podemos excluir ninguém. Deus mesmo respeita e acompanha o processo duro e demorado da conversão de cada um de nós.

Para conseguir vencer os preconceitos e as barreiras que temos em relação aos outros, para ter um coração acolhedor, humilde, para ser como nossa mãe, a Igreja, necessitamos da Eucaristia.

A Eucaristia foi instituída para ser elo de união entre nós. É preciso celebrar na Eucaristia a nossa união:
Santo Agostinho diz a respeito: " Ó sacramento da piedade! Ó sacramento da unidade! Ó vinculo da caridade!. Quanto mais dolorosas se fazem sentir as divisões da Igreja que rompem a participação comum à mesa do Senhor, tanto mais prementes são as orações ao Senhor para que voltem os dias da unidade completa de todos os que nele crêem.( Catecismo da Igreja Católica, n. 1398)


Não podemos celebrar a Eucaristia e alimentar mágoa no coração, porque a Ceia do senhor é ceia do amor e da unidade. Como o próprio Jesus disse,é preciso que deixemos nossa oferta no altar e nos reconciliar com nosso irmão.

Estaríamos nos deformando e dividindo a Igreja de Deus se persistíssemos em celebrar ceia do Senhor divididos. Precisamos tomar todas as medidas necessárias, para acabar com nossas divisões, desavenças e brigas. Nossos corações precisam estar purificados de toda mágoa,ressentimento e rancor para que então a ceia do Senhor seja realmente proveitosa para nossa vida presente e para a eternidade.

Do Livro; Eucaristia: Nosso tesouro - Padre Jonas Abib
Editora Canção Nova, Edições Loyola
Comentários
0 Comentários
Ultimas Notícias
Loading...
Enviar Mensagem
Aperte Esc para Fechar
Copyright © 2010 - 2017 Comunidade Católica Filhos de Sião Todos os Direitos Reservados