sábado, 14 de setembro de 2013

O papel do acompanhante pessoal




 A pessoa do acompanhador pessoal e seu papel no contexto da comunidade.
 João Paulo II apresenta uma síntese dos requisitos necessários para ser um bom formador (entenda-se aqui primordialmente, não só os responsáveis pela formação e acompanhadores pessoais, mais também toda a equipe envolvida no processo formativo): " Os jovens e as jovens tem necessidade sobretudo de mestres que sejam para eles pessoas totalmente de Deus, conhecedores respeitosos do coração humano e dos caminhos do Espírito, capazes de responder ás suas exigências de sempre crescente interioridade, de experiências de Deus, de fraternidade e de iniciação a missão. Formadores que saibam educar para o discernimento, docilidade, obediência a leitura dos sinais dos tempos e da necessidade do povo, e para responder a esses sinais com solicitude e audácia".
Os acompanhadores pessoais têm por missão, acompanhar o formando periodicamente, com objetivo de orientá-lo pela oração e partilha, a  discernir os sinais da vontade de Deus para sua vida e a uma autêntica vivencia da vocação. É alguém que deve ter disponibilidade para cuidar do outro, sendo assim necessário investir na sua formação e em todos os aspectos e níveis da vida humana, vocacional e espiritual de seu formador. (...)

 Adriano Silva - Co fundador, Comunidade. Filhos de Sião
Comentários
0 Comentários
Ultimas Notícias
Loading...
Enviar Mensagem
Aperte Esc para Fechar
Copyright © 2010 - 2017 Comunidade Católica Filhos de Sião Todos os Direitos Reservados