terça-feira, 13 de março de 2012

Sem propósito não há conversão.


Infelizmente o homem tem uma inclinação persistente. A de se afastar-se do seu criador. Portanto, precisa constantemente de conversão.
Mas para querer converter-se é necessário que reconheça sua culpa, seu pecado. Do contrário não haverá uma verdadeira metanóia (conversão). leia o salmo 50.
Em primeiro lugar é preciso encontra-se com a própria miséria e condição de pecador, que precisa de mudança. Em seguida, identificar o que é preciso mudar em mim. E somente a partir daí buscar na oração, no jejum e na penitência a verdadeira conversão.
Em que eu preciso me converter?
_nos meus relacionamentos (afetividade)?
_No meu agir, falar, ser...?
_Na minha espiritualidade?
_Nas minhas amizades?
_Dando maior testemunho?
Só assim chegarei à conclusão de que preciso me converter!
A penitencia, a mortificação, o jejum da quaresma precisam gerar frutos de salvação e mudanças concretas em nossa vida, porque do contrário não passarão de simples preceito, que não tardará a nos conduzirá ao cansaço espiritual, como um peso imposto pela própria igreja, e não passará de um exercício praticado por quarenta dias, de maneira exaustiva e sem sentido algum.
Porque a verdadeira penitência é sinal de alegria e de paz!
Preciso chegar ao ponto e reconhecer como São Camilo: Basta de mundo! Eu preciso me converter! Eu quero me converter! Eu vou me converter!


Com Filhos de Sião
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Que tal deixar um comentário?

Ultimas Notícias
Loading...
Enviar Mensagem
Aperte Esc para Fechar
Copyright © 2010 - 2017 Comunidade Católica Filhos de Sião Todos os Direitos Reservados