sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Acredito, por isso te louvo.


Senhor eu acredito em ti... mesmo quando se  cala.
Acredito mesmo quando não te sinto por minha aridez espiritual.
Mesmo quando parece distante e alheio ao meu sofrimento, sei que é presente.
Acredito quando clamo por ajuda, e não é instantâneo
Quando peço e não recebo
Quando a situação parece não ter mais jeito
Quando tudo parece sem sentido, sei que és a única razão
Quando não entendo teu amor, ou quando não aceito tua mão firme
Acredito mesmo que não o veja a olho nu ou não te sinto na oração
Quando me encontro cheia de outras coisas e vazia de ti.
Quando o barulho do mundo é maior que o teu silencio.
Acredito mesmo na minha impaciência, quando o teu tempo demora demais.
Acredito mesmo quando a tempestade está longa, e o sol não aparece.
Eu creio em Ti. No Deus de amor que és, e que me lança, mas não me deixa cair.
Socorre-me sempre na última hora.
E mesmo quando a sexta-feira da paixão é longa, o domingo da ressurreição não tarda em chegar.
Sei que és meu porto seguro, meu amparo, meu refúgio...



Por: Marília Ivina
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Que tal deixar um comentário?

Ultimas Notícias
Loading...
Enviar Mensagem
Aperte Esc para Fechar
Copyright © 2010 - 2017 Comunidade Católica Filhos de Sião Todos os Direitos Reservados