quinta-feira, 21 de julho de 2011

O coração incorrupto de São Camilo de Lellis



Esta é a história de um pecador, que com a graça de Deus, tornou-se santo: de um rude guerreiro, que chega a amar com coração de mãe; de um egoísta, que se faz todo sensibilidade para com o próximo: de um homem de rebeldia estéreis , em portador da Boa Nova , de um expulso do hospital, que se transforma em patrono dos doentes , dos hospitais e dos profissionais de saúde. É a história de um homem que viveu de forma tão intensa a fé evangélica e humanitária.
São Camilo nasceu no dia 25 de Março de 1550, na Itália, nasceu como Jesus em meio as palhas exatamente na hora em que os sinos da igreja paroquial anunciavam o momento da consagração de missa solene. Aos treze anos Camilo perdeu sua mãe e aos poucos foi se entregando aos jogos de azar, mais tarde seu pai também morre numa batalha, ele fica com toda a herança. Herança essa que ele dissipou com jogos, farras e mulheres. Após dissipar toda a herança começa a passar fome. Para sobreviver ele vai pedir para ser faxineiro num mosteiro beneditino, e conseguiu. Mais tarde Camilo sentiu a mão de Deus, um verdadeiro chamado.  Camilo dedicou toda a sua vida aos pobres, doentes e infelizes.
Sendo ordenado sacerdote  Camilo celebrava a santa missa todos os dias, muito embora naquele tempo não fosse costume tanto entre os sacerdotes seculares quanto entre os religiosos.Quando programava as suas viagens levava em conta a celebração da Eucaristia tanto para si quanto para os seus colegas.
        Como conhecia por experiência as dificuldades que podia encontrar, costumava levar consigo tudo quanto era necessário para a celebração; muitas vezes, durante a Missa, rompia em soluços. Após a Eucaristia recolhia-se em profunda oração, e não permitia que o incomodassem por nenhum motivo.
        Quando doente, se arrastava ou pedia que o levassem de seu quarto para a enfermaria a fim de participar da santa missa. No último dia de sua vida, começou cedo a pedir que celebrassem a missa. As oito horas já lhe parecia tarde e pedia: ‘mas ainda não celebrarão a Eucaristia? E no entanto será a última que assistirei’.”
Morreu no dia 14 de Julho após receber durante a vida cinco chagas incuráveis que as chamavam de sua misericórdias. Morreu pronunciando o nome de Jesus e de Maria .
 São Camilo de Lellis  ainda hoje é venerado, pois seu coração milagrosamente está em seu estado incorrupto, mesmo após centenas de anos
Desde a morte do santo em 1614, o coração, que é baseado na Igreja de St. Mary Magdalene, em Roma, deixou a Itália apenas duas vezes para visitas à Polónia e Perú. veja neste vídeo a sua visita ao Perú







Comentários
0 Comentários
Ultimas Notícias
Loading...
Enviar Mensagem
Aperte Esc para Fechar
Copyright © 2010 - 2017 Comunidade Católica Filhos de Sião Todos os Direitos Reservados