segunda-feira, 27 de junho de 2011

Experiência com a pessoa de Jesus Cristo


O evangelho de são João oferece verdadeiramente a expressão do amor de Deus revelado na pessoa de Jesus Cristo por nós. A partir de são João passamos a nos referir aos capítulos, temas e personagens. Falando sempre do cego de nascença (JO 9), do Bom Pastor (JO 10), de Nicodemos (JO 3), da oração de Jesus por nós (JO 17), da pecadora pública pega em adultério(JO 8), da samaritana(JO4)... E assim sucessivamente personagens e relatos que revelam Jesus Cristo nosso Deus e Senhor, aquele que morreu e ressuscitou.

O discípulo amado revela como ninguém, o amor de Jesus, o amor do Pai, as entranhas do coração de Deus.

Iremos falar de dois encontros mais belo do quarto evangelho: o de Jesus com a mulher adultera e de Jesus com a samaritana. Muito conhecido e muito explorado o dialogo travado entre Jesus e essas mulheres.

A samaritana, mulher pagã, não judia, com Jesus. Ela que se torna grande corajosa evangelizadora, após ter ela mesma bebido da água viva oferecida por Jesus, e não somente da água do poço de Jacó.

A mulher adultera, prostituta, pega em adultério, já não tinha mais dignidade. O que aconteceu no encontro de Jesus com essa mulher, que fez com que ela permanecesse até o fim diante da cruz de Jesus? (JO 19)

O que de fato levou essas mulheres a serem seguidoras de Jesus evangelizadoras e adoradoras, foi a experiência pessoal com a pessoa de Jesus Cristo.

O estar na presença de Jesus, ouvir a sua voz, sentir o seu perdão e perceber o que essas mulheres perceberam, que o único desejo de Jesus era de amar e curar todas as feridas do seu coração.

E isso nos faz dar inteiramente as nossas vidas sem reservas a ele. Faz-nos perceber a necessidade de nossa alma de amá-lo.

Se hoje não somos capazes de evangelizar como fez a samaritana, de amar Jesus até a cruz como fez Madalena é por que ainda não tivemos uma experiência de amor e de reencontro com a pessoa de Jesus.

É importante questionar:

· O que tem me atraído a estar aqui toda semana?

· Qual o objetivo da minha oração aqui no grupo e na minha oração pessoal?

Quando essa mulheres se encontraram com Jesus não foram mais as mesmas pessoas. Supliquemos como a samaritana que pediu a Jesus: “Senhor daí-me dessa água para eu já não ter mais sede”(JO 4).

Jesus espera aqueles que são seus e lhes foram dados pelo Pai e com elas trava um dialogo de verdade e na verdade, começando um relacionamento pessoal que vai ao encontro de tudo que a pessoa precisa para se tornar adoradora e livre em “espírito e em verdade”.

É esse Jesus de amor, de recomeço que está sempre a beira do poço a nos esperar.

“Quem ama corresponde as exigências do Amado, Jesus Cristo”(EFS cap1 , pág. 11)

Ministério de Formação Filhos de Sião
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Que tal deixar um comentário?

Ultimas Notícias
Loading...
Enviar Mensagem
Aperte Esc para Fechar
Copyright © 2010 - 2017 Comunidade Católica Filhos de Sião Todos os Direitos Reservados